Inicial / Gerais / Complexo da Polícia Civil de Rio do Sul homenageia policial Carlos Roberto Bastos Miguel

Complexo da Polícia Civil de Rio do Sul homenageia policial Carlos Roberto Bastos Miguel

O complexo policial civil de Rio do Sul passou a se chamar Carlos Roberto Bastos Miguel. Trata-se de homenagem ao jovem policial que perdeu a vida em acidente automobilístico em 2015.

Além de reconhecer a carreira do Policial Civil, foi uma emocionante homenagem à Instituição. “Inhu”, como era conhecido, na curta carreira de 10 anos, trabalhou na Delegacia de Polícia da Comarca de Rio do Sul, Delegacia de Aurora, DIC – Divisão de Investigação Criminal de Rio do Sul e era lotado no SAER (Serviço Aero-Policial Civil). Grande conhecedor de técnicas operacionais, o mesmo deixou um legado dentro da Polícia Civil Catarinense. Ministrava aulas na Academia de Polícia Civil e atuava em Operações por todo Estado. Estiveram presentes na sessão parlamentar alguns familiares e amigos policiais que vieram de várias cidades do Estado.
example1

Carlos Roberto, o Inho, é filho da delegada Karla Bastos Miguel, que por muito anos – até a aposentadoria – foi titular da Delegacia de Polícia de Proteção à Mulher, à Criança e ao Adolescente e Mário Miguel, policial civil e ex-vereador, em Rio do Sul.

A iniciativa partiu de amigos policiais civis de Carlos Roberto que elaboraram o projeto de Lei aprovado na Assembleia Legislativa – ALESC e sancionado pelo governador Raimundo Colombo.

A ARPOC, Associação dos Policiais Civis da 7° Região Policial, com sede em Rio do Sul, encaminhou as intenções do Projeto de Lei para Assembleia Legislativa na pessoa do Deputado Maurício Eskudlark, para homenagem no Complexo Policial, ensejando a propositura do projeto aprovado.

Fonte: DIC de Rio do Sul e Jornal Alto Vale.

Veja Também

Governador Raimundo Colombo afirma ao Sinpol/SC que concederá as Promoções aos policiais civis de SC

A diretoria do Sinpol/SC esteve na quinta-feira (9) em Rio do Sul, onde, durante uma …