Inicial / Diversos / Nota de apoio às instituições policiais de âmbito federal, estaduais e municipais

Nota de apoio às instituições policiais de âmbito federal, estaduais e municipais

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Santa Catarina – SINPOL/SC, como instituição representativa de todos os Policiais Civis, independente de associações, vem a público manifestar seu apoio incondicional às instituições policiais de âmbito federal, estaduais e municipais.
A ação policial ocorrida durante o último final de semana em SC, que apesar de todo o resultado esperado, teve dois Policiais Civis feridos, triste, pois vivemos os riscos para defender a sociedade, o que demonstra apenas que aqueles que escolhem seguir pelas carreiras de Segurança Pública estão sujeitos – a qualquer tempo e independente de instituição, hora ou local.
Entendemos que as instituições garantidoras da Segurança Pública ao cidadão, em todas as instâncias, devem priorizar sempre a defesa da sociedade, da moral, da ética e dos bons costumes, mantendo a urbanidade e respeito às funções desempenhadas em cada área de atuação, bem como seus regramentos legais e administrativos, previstos nas normas vigentes no país.
Acreditamos e defendemos que as instituições devem desempenhar suas atividades em conjunto e respeitando as características individuais, solucionando diferenças irmana e civilizadamente, deixando de lado vaidades ou visões arcaicas, que já não combinam mais com os profissionais de formação em nível superior, com senso crítico apurado, vivendo e atuando em uma sociedade que evolui em um ritmo bastante diferenciado, se comparado há poucos anos.
Cabe aqui o exemplo de irmandade entre o SINPOL SC e a APRASC, pois sabemos que a Segurança Pública depende de todos nós.
Por esse motivo estudamos e fomentamos a transformação do sistema atual em uma Carreira Policial com Entrada Única e Ciclo Completo Mitigado, com Academias mistas, humanizadas, proporcionando maior convívio entre todos os componentes das Forças Policiais, evolução profissional entre todos de forma gradativa e meritória, para quem sabe um dia trabalharmos com a possibilidade da Unificação das Polícias, como planejado pelo Governo Federal.
Num momento tão frágil, onde temos nossos direitos em risco, lutamos pela valorização da nossa profissão Policial, devemos buscar a união de esforços, a exemplo do que temos feito em nível Nacional, com a criação da União dos Policiais do Brasil – UPB.
Buscamos atualmente as promoções de forma automáticas, reconhecimento da carreira em nível de terceiro grau com relação à remuneração, compactação das classes prometida pelo Governo, a aplicação e pagamento da data base (já são 4 anos sem pagamento) e o salário final mais condizente com nossas complexas funções, conforme CFRB 88.
A sociedade catarinense merece Forças Policiais ainda mais eficientes e estamos aqui para ajudar a construir esta evolução!

A Diretoria.