Inicial / Presidente / Presidente do Sinpol/SC participa de reunião em Brasília com lideranças sindicais sobre aposentadoria especial

Presidente do Sinpol/SC participa de reunião em Brasília com lideranças sindicais sobre aposentadoria especial

14089598_1783375871876277_170837845_nO presidente do Sinpol/SC, Anderson Amorim, que também é vice presidente da COBRAPOL Regional Sul e presidente da Feipol Sul, participou nesta quinta-feira (18) de um reunião em Brasília, no escritório do advogado Cezar Britto, onde foi discutida a Ação de Inconstitucionalidade ADI 5039, que trata da aposentadoria especial.

Estiveram participando da reunião também o diretor da Cobrapol, Jean Carlos do Valle, e o presidente da FEPOLNORTE, Antônio Jales Gomes Moreira.

Segundo Anderson, o Estado de Santa Catarina, por meio da Procuradoria Geral do Estado e do Instituto de Previdência (IPREV), entrou como amicus curiae numa ação do estado de Rondônia para tentar derrubar a aposentadoria especial dos policiais civis daquele estado.

– Atentos, por fazermos parte da Cobrapol, e agindo sempre em conjunto com FENAPEF e FENAPRF, buscamos garantir nossos direitos, uma vez que os estados não vêm nos respeitando. Dessa maneira, buscamos conversar com o Dr Cezar Britto, que representa um dos amicus curiae na referida ADI. Fomos traçar estratégias para derrubar e impedir novos ataques contra as polícias e nossos direitos -, explicou o presidente do Sinpol/SC.

O encontro foi convocado pelos presidentes da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra, e da Fenapef, Luís Antônio Boudens. As duas entidades atuam como amicus curiae junto à ADI 5039, na defesa de nossos direitos, onde os Estados vêm tentando derrubar a aposentadoria especial no Estado de Rondônia.

Durante a reunião, foi entregue um Parecer sugerindo algumas ações pontuais e específicas visando a garantia dos direitos dos policiais civis na aposentadoria especial, principalmente no que se refere à paridade e integralidade.

– Queremos que nossos direitos sejam respeitados, uma vez que o Estado não respeita nem ao menos as leis que cria -, apontou Amorim.

14089598_1783375871876277_170837845_n

Veja Também

Estudo do IPEA diz que políticas de segurança pública do Brasil estão na contramão de programas internacionais

Os especialistas, que lançaram uma coleção de artigos pelo Instituto de Pesquisa, Econômica Aplicada, afirmam …